Publicado Online: 07 de julho de 2019

CrossMark_faixa.png

Nematoide do cisto da soja e princípios de controle

Laís Ferreira, Lorrayne Lucinda Silva, Esdras Henrique da Silva, Igor Souza Pereira

RESUMO A cultura da soja (Glycine max) é uma das mais importantes para agricultura brasileira, sendo a commodity agrícola mais exportada pelo país. No entanto, sua produtividade é limitada pela ocorrência de diversas pragas e doenças em que se destaca o nematoide do cisto da soja (NCS), cujo agente etiológico é o fitonematoide Heterodera glycines. Esse fitonematoide tem causado grandes prejuízos devido à sua fácil disseminação, elevada taxa reprodutiva, razoável capacidade de sobrevivência entre outras, demandando criterioso manejo fitossanitário. Diante disso, os princípios de controle usados de forma integrada podem resultar num menor impacto desse fitonematoide na cultura da soja.  Esta revisão tem objetivo de detalhar os aspectos bioecológicos e os princípios de controle utilizados no manejo do NCS. Os princípios da exclusão, erradicação, evasão, proteção, imunização, terapia e regulação são detalhados.

PALAVRAS-CHAVE: fitonematoide; fitossanidade, Heterodera glycines

        https://doi.org/10.29327/multi.2019012

1200px-DOI_logo.svg.png

MALQUE Publishing

©2018-2020 by MALQUE Publishing