MALQUE Publishing

©2018-2019 by MALQUE Publishing

Publicado Online: 06 de abril de 2019

CrossMark_faixa.png

Indicadores biológicos de qualidade da água e as mudanças climáticas

Raissa Jennifer da Silva de Sá, Antonio Gabriel Sales de Souza, Edmir dos Santos Jesus, Antônio Pereira Júnior

RESUMO Uma espécie é um bioindicador, quando apresenta ou não, tolerância às variações ambientais. Com isso, a importância delas é justamente identificar a relação que ocorre entre os seres vivos e os parâmetros ambientais e as mudanças provocadas ao meio ambiente oriundas das ações, associadas a elas. O objetivo desta revisão é apresentar de forma clara a importância dos indicadores biológicos na avaliação da qualidade da água, as principais respostas emitidas pelo fitoplâncton, submetidos a mudanças climáticas. Os dados obtidos e analisados indicaram que não deve ser ignorado que a integridade biológica dos ecossistemas aquáticos também irá influir na identificação das necessidades da população, seja para consumo, agricultura, pecuária, lazer ou proteção/manutenção ambiental. Logo, estudos alertam para um aprofundamento e maior frequência acerca das ações diretas e indiretas sobre a comunidade aquática. Com isso, usar organismos para a identificação da contaminação desses ecossistemas, é determinante para um monitoramento completo acerca da qualidade da água.

PALAVRAS-CHAVE: biodiversidade; biomonitoramento; ecossistemas aquáticos

        https://doi.org/10.29327/multi.2019006

1200px-DOI_logo.svg.png