Publicado Online: 30 de outubro de 2018

CrossMark_faixa.png

As condições de trabalho e a ocorrência de lesões osteomusculares em profissionais estivadores

Gabriela Sávia Sousa Reis, Sara Sabrina Vieira Cirilo, Renata de Sousa Rocha, Daniela de Castro Melo, Monaliza Natália Lucas

 

RESUMO As afecções relacionadas ao sistema osteomuscular têm se tornado cada vez mais comuns, mundialmente, durante as últimas décadas e estão entre as mais importantes causas de morbidade e incapacidade em adultos.  Diante desse cenário pode-se levar em consideração os estivadores que são trabalhadores responsáveis pela movimentação da mercadoria, trabalhando em depósitos, galpões. Devido ao grande esforço e levando em conta os pesos excessivos, esses trabalhadores estão expostos à problemas de saúde como doenças de pele, doenças musculares e osteoarticulares e ainda os distúrbios por esforços repetitivos. Objetivou-se com esse artigo realizar um levantamento bibliográfico a respeito das alterações osteomusculares que são associadas e oriundas do processo de trabalho da classe dos estivadores. Trata-se de uma revisão de literatura, no qual foram utilizados artigos científicos publicados no Scielo, Bireme, Biblioteca Virtual da Saúde e LILACS em todos os índices pesquisados. Foi realizado uma busca por artigos que abrangessem os trabalhadores avulso, as condições de trabalho e ainda doenças relacionadas ao seu processo de trabalho. Diante do exposto foi possível entender que a classe dos trabalhadores avulsos ou estivadores ainda apresenta características de trabalho manual/braçal e que isso acarreta diversas complicações no que diz respeito à saúde deste trabalhador, principalmente no aspecto físico, sendo as doenças osteomioarticulares as maiores causas de doenças relacionadas ao trabalho.

PALAVRAS-CHAVE: doenças relacionadas ao trabalho; lesões osteomusculares; profissionais de estivas

         https://doi.org/10.29327/multi.2018020

1200px-DOI_logo.svg.png

MALQUE Publishing

©2018-2020 by MALQUE Publishing