MALQUE Publishing

©2018-2019 by MALQUE Publishing

Publicado Online: 01 de outubro de 2018

CrossMark_faixa.png

A Influência dos fenômenos El Niño e La Niña sobre a dinâmica climática da região Amazônica

Samya de Freitas Moreira, Cleiciane Silva da Conceição, Milla Cristina Santos da Cruz, Antônio Pereira Júnior

RESUMO A influência dos episódios climáticos naturais denominados como “El Niño” e “La Niña”, provocam mudanças na circulação atmosférica em diversas partes do mundo. O objetivo deste estudo foi a realização de uma pesquisa quantitativa a respeito da influência dos fenômenos El Niño e La Niña sobre a dinâmica climática da região Amazônica, para que os prejuízos causados por esses eventos meteorológicos sejam divulgados e prevenidos. Os dados obtidos e analisados indicaram que os fenômenos climáticos denominados El Niño/La Niña-Oscilação Sul – ENOS afetam a dinâmica climática, o que ocasiona mudanças significativas no regime das chuvas máximas diárias, provocando tendências de elevação ou diminuição na taxa de precipitação em períodos do El Niño e La Niña, respectivamente. Quanto a ocorrência de tais fenômenos na região amazônica, inferiu-se, que os episódios de seca provocados pelo El Niño, manifestam-se com mais intensidade, em comparação com o evento La Niña. Tais fenômenos podem provocar consequências socioambientais como as secas severas, redução de reservas hídricas, incêndios florestais, inundações; e econômicas, a elevação da tarifa de energia elétrica, devido aos baixos níveis de operação das usinas hidroelétricas em períodos de estiagem. Logo, é preciso estabelecer estratégias preventivas para mitigar os efeitos gerados por tais eventos, com aplicabilidade para propósitos de monitoramento climático.

PALAVRAS-CHAVE: anomalias; clima; eventos meteorológicos; regime de chuvas

         https://doi.org/10.29327/multi.2018014

1200px-DOI_logo.svg.png